CURSO DE FÉRIAS - AULA 4
Física

CURSO DE FÉRIAS - AULA 4



01. A
f = v/? = 3.108/200 = 1,5.106 Hz.
    
02. C
f = 4500 rpm = 4500/60 rps = 75 Hz.
Como a serra tem 20 dentes, em cada volta completa os dentes golpeiam a madeira: 75 x 20 vezes, o que equivale a um som de 1500 Hz, que corresponde, aproximadamente, a frequência do fá sustenido.

03. B
O comprimento de onda ? corresponde a distância que separa dois pontos vibrantes intercalados por um ciclo, como representa a figura a seguir.
Gráfico I: ?1 = 3.107m.
V1= ?1.f1 ? 3.108 = 3.107.f1 ? f1 = 10 Hz. Compatível com ondas cerebrais ?.
Gráfico II: ?2 = 6.108m.
V2= ?2.f2 ? 3.108 = 6.108.f2 ? f2 = 0,5 Hz. Compatível com ondas cerebrais ?.

04. E
Sendo V = ?1.f1 e V = ?2.f2, então ?1.f1= ?2.f2, logo ?1/?2 = f2/f1= 3.1019/1,5.1018 = 20.

05. B
v = ?.f ? 3.108= 1,9.f ? f = 1,6.108 Hz.

06. D
v = ?.f  v = ?/T. Sendo T constante, V e ? são diretamente proporcionais. Logo, se ? diminui, v também diminui.

07. B
f = n/?t = 4/1 = 4,0 Hz.
Portanto: V = ?.f ? 2,0 = ?.4,0 ? ? = 0,5 m.

08. B
Da expressão v2 = g.h  e da relação entre velocidade de propagação, comprimento de onda e frequência, v = ?.f, podemos escrever (?.f)2 = g.h.


(?FUNDO/?)2 = dFUNDO/dRASA .  Substituindo dRASA = 2,5 m e dFUNDO = 10 m na expressão, temos: (?FUNDO)2 =  4.?2 ? ?FUNDO = 2.?.

09. B
Como a fita é milimetrada, a contagem dos quadrinhos leva-nos a concluir que ela tem 60 mm de comprimento. Assim: v =?x/?t  25 = 60/?t  ?  ?t = 2,4 s = 1/25 min. Como: f = n/?t e o coração apresenta três batimentos nesse intervalo, f = 3/(1/25) = 75 bat/min.
Ou: f = v/? = 25/20 = 1,25 Hz e n = 60.1,25 = 75 batimentos. Obs.: há 20 quadrados.

10. C
v = ? f ? 3,0.108= 6,0.10?7.f ? f = 5,0.1014 Hz. No gráfico, observamos que essa onda pertence à faixa de luz visível.

11. D
Os raios X são as principais ondas eletromagnéticas utilizadas em procedimentos médicos. Os ultrassons são as ondas mecânicas utilizadas nos ecocardiogramas.

12. D
V2 = T/A.µSendo ? = m/v =  m/A.L ? A.? = m/L = 1/5 = 0,20 kg/m. Temos: V2 = 1,8/0,2 = 9 ?  V =  3 m/s.
Portanto: v = ?.f ? 3 = ?.2 ? ? = 1,50 m.

13. C
Na propagação a onda puxa os pontos da corda para cima. Chegando à parede, a onda puxará a parede para cima, esta reagirá, puxando a corda para baixo, ocorrendo a inversão da fase. Assim, a explicação da inversão de fase na reflexão da onda deve ser através da 3a Lei de Newton (Lei de Ação-Reação).

14. D
A frequência natural de vibração das moléculas de água é por volta de 2,45 GHz (giga = 109). No forno de micro-ondas, as moléculas de água dos alimentos entram em ressonância com as ondas eletromagnéticas emitidas pelo magnétron, transformando a energia das ondas em energia térmica de aquecimento.

15. C
As pessoas marchando provocam uma onda mecânica que pode ter a mesma frequência de vibração da ponte. A energia dessa onda pode fazer a ponte oscilar e até cair. Esse fenômeno chama-se ressonância.

16. A
Sendo: fAM < fFM. temos: ?AM > ?FM. Assim, as ondas AM difratam com maior facilidade, já que seu comprimento de onda é da ordem da dimensão de prédios e montanhas. As ondas FM difratam menos.

17. D
Observando a tabela, podemos perceber que, ao dobrar a velocidade, a profundidade fica multiplicada por 4 e, ao triplicar a velocidade, a profundidade fica multiplicada por 9. Portanto, o aumento da profundidade varia com o quadrado do aumento da velocidade.
250 m = 25.10 m, então a velocidade será multiplicada por  5, v = 10.5 = 50 m/s.
80 m/s = 8.10 m/s, então, a profundidade ficará multiplicada por 82 = 64, h = 10.64 = 640 m.
Ou utilizando a fórmula V2 = g.h, assim V = 50 m/s e 10.h = 802 ? h = 6400/10 = 640 m.

18. A
Utilizando a expressão Vmédia = ?x/?t determinamos o tempo para a onda sísmica atingir São Paulo e Florianópolis:
Tempo para atingir São Paulo: ?t = 270/4,8 = 56,25 s.
Tempo para atingir Florianópolis: ?t = 380/4,8 =79,16 s.
Intervalo de tempo entre as duas situações apresentadas: 79,16 ? 56,25 = 22,9 s = 23 s.

19. A
L = 3?/2 ?  6 = 3?/2 ?  ? = 4 m. Logo, V = ?.f = 4.6 = 24 m/s.

20. A
O tempo para um ciclo completo, de máxima compressão até máxima compressão é o período e vale, de acordo com o gráfico, 0,5 s, T = 0,5 s e como f = 1/T = 1/0,5 = 2,0 Hz.

21. C
Estimamos, a partir do gráfico dado, que o período da nota musical emitida pelo violino é cerca de T = 2,6 ms = 2,6.10?3 s.
Lembrando-se que a frequência (f) e o inverso do período (T), vem: f = 1/T = 1/2,6.10?3 = 385 Hz.
A frequência obtida se avizinha da frequência característica da nota sol.

22. B
A tirinha de Laerte apresenta, no primeiro quadrinho, a imagem de um sujeito que, quando pequeno, cria que ?as imagens da televisão vinham pelo fio de eletricidade?. No segundo quadrinho, esse sujeito desliga o televisor da tomada e, no terceiro, conclui que seu pensamento infantil estava certo, já que o televisor parou de funcionar. O efeito de humor da tirinha advém de fato de que o televisor pára de funcionar quando o fio de eletricidade é desligado não porque as imagens venham dos fios, mas porque, sem eletricidade, o aparelho não funciona. Na verdade, a personagem de Laerte continua sem saber como se transmitem as imagens televisionadas, pois, do ponto de vista físico, elas são transmitidas ?através de ondas eletromagnéticas, nas quais a oscilação dos campos elétrico e magnético é perpendicular à direção de propagação da onda?, conforme a explicação da alternativa b.

23. D
Como f = 1/T, o número de ciclos por segundo em que o telefone operava estava na faixa de recepção do rádio.

24. B
As micro-ondas geradas pelos telefones celulares são ondas de mesma natureza que a luz, ou seja, ondas eletromagnéticas, porém são de menor frequência.As micro-ondas geradas na telefonia celular têm frequências com ordem de grandeza de 109 Hz, e a luz, de 1015 Hz.

25. A
? = c/f = 3.108/1019= 3.10-11 m.

26. A
A comunicação entre navios é feita por ondas de rádio 1 C. O Infra-vermelho é conhecido com o nome de ondas de calor, logo 2 A. A fotossíntese ocorre pela absorção de luz visível 3D. Atualmente existem tratamentos de  câncer a base de raios Gama 5B.

27. C
d1 = 3 m ....................................... L1 = 100 dB
d2 = 6 m ....................................... L2 = 94 dB
d3 = 12 m ..................................... L3 = 88 dB
d4 = 24 m ..................................... L4 = 82 dB
d5 = 48 m ..................................... L5 = 76 dB
d6 = 96 m ..................................... L6 = 70 dB
d7 = 192 m ................................... L7 = 64 dB
d8 = 384 m ................................... L8 = 58 dB

28. A
f = n.V/4.L = 1.340/4.0,025 = 340/0,1 = 3400 Hz.

29. A
Para que a mosca pouse na sopa a superfície desta ultima tem que oferecer alguma forca de reação, neste caso oriunda da tensão de superfície, que por sua vez tem origem nas forças de coesão intermoleculares.
O som produzido pela mosca como todo o som é uma onda mecânica que sensibiliza as células ciliadas do sistema auditivo.
A energia gravitacional da água e convertida em energia de deformação na pedra.
A imagem projetada na retina e de posição invertida em relação ao objeto que lhe deu origem.

30. E
O gráfico nos dá a menor intensidade sonora que cada ouvido da pessoa pode perceber, ou seja: somente são escutados sons com intensidades acima da linha do gráfico para cada ouvido. Por exemplo, para a frequência de 1.000 Hz, o ouvido direito começa a ouvir a partir da intensidade de 63 dB e o esquerdo, a partir de 38 dB. Portanto, para frequências acima de 200 Hz, ele ouve melhor com o ouvido esquerdo do que com o ouvido direito. Para frequência abaixo de 200 Hz, ele ouve melhor com o ouvido direito do que com o esquerdo.
Assim, analisemos as opções:
a) Errada. Como mostra o gráfico, há uma pequena faixa onde a linha de 18 dB está acima dos dois gráficos, portanto os dois ouvidos podem escutar um sussurro de 18 dB.
b) Errada. Um som de frequência 440 Hz o ouvido esquerdo escuta a partir de 28 dB e, o direito, a partir de 41 dB.
c) Errada.
d) Errada.
e) Correta. Interpretando sussurros como sons de nível sonoro abaixo de 15 dB, freqüências abaixo de 200 Hz, apenas o ouvido direito escuta.

31. E
10Caso: V1 = ?1.f1 = 2?.f1  e no  20Caso: V2 = ?2.f2 = = ?.f2. Sendo que V1 = V2, temos: ?.f2 = 2?.f1 ? f2= 2.f1.

32. A
A figura representa um fenômeno natural fudamental para a manutenção da vida no planeta, que pode ser intensificado pela ação humana por meio de ações poluidoras.

33. A
Sejam totalmente refletidas.

34. C
É o conjunto de radiações eletromagnéticas que oscilam simultaneamente no campo elétrico e magnético.

35. C
O comprimento de onda é inversamente proporcional à freqüência.

36. E
A queimadura solar é possível em dias nublados. Cerca de 80% da radiação UV pode penetrar em através de nuvens pouco densas.
O protetor solar não deve ser usado para aumentar o tempo de exposição ao sol, mas para aumentar a proteção durante uma exposição inevitável.
O melanona geralmente ocorre nas costas (em homens) e pernas (em mulheres) que são locais expostos intermitentemente ao sol.
A exposição à radiação UV tem um efeito acumulativo.

37. D
Emitirem radiação de alta energia, como a alfa, a beta e a gama.

38. E
f = V/? = 340/3,4 = 100 Hz.
Analisando a tabela dada, percebemos que o ser humano, o cão e o gato, podem perceber a vibração de 100 Hz.



loading...

- Caiu No Vestibular
Onda na corda IFMG Observe a figura abaixo que representa uma onda produzida numa corda: Figura adaptada de http://www.educacao.globo.com/fisica/assunto/ondas-e-luz/ondas-periodicas.html.  Considere que o ponto D da corda demore 1,0 s para descer...

- Cursos Do Blog - Termologia, Óptica E Ondas
Conceito de onda. Natureza das ondas. Tipos de ondas Borges e Nicolau Perturbação ou abalo Ao jogarmos uma pedrinha nas águas tranquilas de um lago, produzimos no ponto de impacto uma perturbação ou um abalo. A perturbação não fica restrita ao...

- Cursos Do Blog - Respostas 15/11
Conceito de onda. Natureza das ondas. Tipos de ondas Borges e Nicolau  Exercício 1: Assinale as proposições corretas I) Onda de rádio é uma onda sonora II) Raios laser é uma onda eletromagnética. III) Som é uma onda mecânica, não se propaga...

- Cursos Do Blog - Termologia, Óptica E Ondas
Conceito de onda. Natureza das ondas. Tipos de ondas Borges e Nicolau Perturbação ou abalo Ao jogarmos uma pedrinha nas águas tranquilas de um lago, produzimos no ponto de impacto uma perturbação ou um abalo. A perturbação não fica restrita ao...

- Caiu No Vestibular
Terremoto (UFPA) Um terremoto é um dos fenômenos naturais mais marcantes envolvidos com a propagação de ondas mecânicas. Em um ponto denominado foco (o epicentro é o ponto na superfície da Terra situado na vertical do foco), há uma grande liberação...



Física








.